09
AGO
2017

Para Aécio, abandonar o governo já é passado

Posted By :
Comments : Off

Após participar da reunião executiva nacional do PSDB, nesta quarta-feira (9), o senador Aécio Neves, que está licenciado do comando da legenda, disse que a ideia de desembarque do governo está superada entre os tucanos.

“Nosso entendimento é de que essa questão [saída do governo] está superada. Enquanto o presidente da República achar necessário contar com os quadros do PSDB, ele terá liberdade para fazê-lo. No momento em que achar diferente o PSDB respeitará isso e não mudará a sua postura de compromisso total e unitário com relação às reformas”, declarou.

O mineiro foi um dos representantes da sigla que se mantiveram fiel ao presidente Michel Temer, durante as articulações para a votação da denúncia de corrupção passiva, no plenário da Câmara, no último dia 2. O presidente conseguiu impedir que o processo, de autoria da Procuradoria-Geral da República, seguisse para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Na ocasião, 21 dos 47 tucanos votaram contra o presidente, apesar de o PSDB fazer parte da base aliada. Os números deixam claro que, apesar da declaração de Aécio, ainda existe no partido um grupo insatisfeito com a permanência no governo.

Atualmente, segundo informações do portal G1, os tucanos comandam quatro ministérios: Relações Exteriores, com Aloysio Nunes, Cidades, com Bruno Araújo, Direitos Humanos, com Luislinda Valois, e a Secretaria de Governo, com Antonio Imbassahy.

Aécio se afastou da presidência do PSDB após ser citado em delação da JBS. Ele foi flagrado pedindo R$ 2 milhões em propina à empresa dos irmãos Batista.

Na reunião de hoje, realizada em Brasília, foi discutida a realização de um congresso nacional e de convenções partidárias para as eleições de 2018.

Sobre o Autor